Empreendedorismo requer CHA (Conhecimento, Habilidade e Atitude)? Com certeza! A utilização do conjunto de competências é essencial na gestão de qualquer negócio, principalmente no atual cenário. Em tempos de pandemia, a tríade será crucial tanto na abertura, quanto na manutenção de empresas, ampliando o sentido de visão sistêmica, automotivação, liderança, inovação, disciplina, persistência e resiliência, base para o enfrentamento da maior crise humanitária do mundo desde 2ª Guerra Mundial.

Para quem está pensando em empreender, o CONHECIMENTO é a base para desenvolver projetos, elaborando uma pesquisa de mercado que fortaleça a tomada de decisões de forma estratégica e realizando um planejamento de como o modelo de negócio será constituído, gerido e desenvolvido. Conhecimento sobre o modelo de negócio determinará o produto ou serviço que uma organização irá produzir ou fornecer, o método de produção, público-alvo e suas fontes de receita. Já o empreendedor que está na ativa e se depara com um problema, busca o conhecimento necessário para gerar ideias, testar hipóteses e criar soluções capazes de resolvê-lo. Crises geram oportunidades e consequentemente, aprendizado sobre algo (conhecimento) novo.

E as HABILIDADES? Para alguns, é algo nato, para muitos, um aprendizado. Sim, habilidades podem, ser exploradas e aprimoradas. Seu desenvolvimento está diretamente ligado à prática. Resiliência por exemplo, é manter a motivação e capacidade de negociação em tempos de crise. Persistência, tentar de várias formas um meio de alcançar os objetivos esperados, antes de desistir.

É justamente aí, mais do que nunca, que entra a ATITUDE, colocando em prática o conhecimento e as habilidades desenvolvidas ao longo dos anos. Ter atitude significa movimentar-se na direção daquilo que se deseja realizar, pois, é a ação que transforma os projetos em realidade.

Nós, empreendedores, temos esta vontade nata de gerir nosso próprio negócio ou atividade profissional, sem depender de ordens externas. Trazemos em nosso perfil características como criatividade, iniciativa, automotivação, responsabilidade e acreditamos em nosso sonho, acima de tudo.

Neste sentido, aproveitando que estamos no mês da mulher, registro minha homenagem especial a uma pessoa que representa a combinação das competências Conhecimentos, Habilidades e Atitudes, necessárias para aqueles que desejam alcançar objetivos com sucesso na vida e nos negócios: a gaúcha, nascida na Linha Jacinto, interior de Farroupilha, Maria de Lourdes Anselmi, empresária a frente de seu tempo!

Maria de Lourdes começou produzindo em casa (em 1981) 20 camisas que sequer tinham comprador. Saia com a sacola de peças feitas aos finais de semanas e à noite, após o expediente que cumpria em uma malharia como funcionária, batendo de porta em porta. Hoje é CEO de uma marca que é referência em tricô na América Latina.

Que sua história inspiradora, de força e determinação, além da filantropia como norte de vida, nos inspire a seguir em frente.

Patrícia Ribeiro
Diretora M7 Coworking Premium

Adicionar comentário

Chat via Whatsapp
Powered by